quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

* FOI (É) NATAL *


Natal.
O cheirinho das rabanadas e da aletria.
A euforia da minha Pequena Peste por cauda das prendas.
Este ano com um faro muito apurado para as encontrar.
O choro "desalmado" porque trocaram o nome da boneca Caterina para Catania... "Será que o Pai Natal vai saber que mudou? Que a Caterina é agora Catania e é mesmo esta que eu quero."
O sorriso do mais novo que ilumina o meu Natal de um modo indescritível.
A loucura e azáfama destes dias que se queriam calmos e tranquilos em redor da mesa e na companhia dos familiares que tanto amamos.
Este ano o meu Natal brilhou ainda mais.
Este ano, tal como há 4 anos atrás, tive a presença de mais um Menino Jesus na minha Vida.
Este Natal o meu coração esteve quente e aconchegado com a presença dos meus filhos.
Este Natal o sentido do Amor e da Alegria foi ainda maior. Este é o Natal que sempre desejei.
Este Natal enquanto amamentava o mais novo, a Pequena Peste delirava pois o Pai Natal trouxe-lhe a Catania (ou Caterina).
E o seu delírio, os seus gritos e a correria desenfreada pela casa encheu-me o coração e os olhos de emoção.
Ela ainda não entende o Natal como os adultos, "lá virá o tempo" (como costuma dizer ao irmão), mas vive o Natal como devem viver todas as crianças. Na ilusão de que o Mundo é bom e o Pai Natal não se esquece de nós.
Este Natal vivi o meu Natal de sonho: 2 filhos que amo até à exaustão e um Marido que amo mais que tudo.
Este Natal (finalmente) percebi que o meu Natal é todos os dias.
FELIZ NATAL.

terça-feira, 10 de dezembro de 2013

*A FADA DAS CRIANÇAS*





Do seu longínquo reino cor-de-rosa, 
Voando pela noite silenciosa, 
A fada das crianças, vem, luzindo. 
Papoulas a coroam, e, cobrindo 
Seu corpo todo, a tornam misteriosa. 

À criança que dorme chega leve, 
E, pondo-lhe na fronte a mão de neve, 
Os seus cabelos de ouro acaricia — 
E sonhos lindos, como ninguém teve, 
A sentir a criança principia. 

E todos os brinquedos se transformam 
Em coisas vivas, e um cortejo formam: 
Cavalos e soldados e bonecas, 
Ursos e pretos, que vêm, vão e tornam, 
E palhaços que tocam em rabecas… 

E há figuras pequenas e engraçadas 
Que brincam e dão saltos e passadas… 
Mas vem o dia, e, leve e graciosa, 
Pé ante pé, volta a melhor das fadas 
Ao seu longínquo reino cor-de-rosa. 

 Fernando Pessoa

terça-feira, 3 de dezembro de 2013

*A TI, MEU MUNDO*





Foi há precisamente 4 anos que iniciei uma nova e extraordinária fase da minha Vida. 
Nasceu aquela que me transformou num novo ser humano. Aquela que deu o maior significado à minha existência e fez de mim uma pessoa maior e que busca o seu melhor.
Nasceu aquela que me faz mover montanhas, alcançar o céu e soprar as nuvens.
O meu "maior projecto", a minha Vida. O meu Mundo (inteiro e em partes).
Estes 4 anos têm sido de muitas lutas e conquistas.
Noites muito mal dormidas, mas que são compensadas com o seu sorriso pela manhã.
4 anos que voaram e te transformaram na menina bonita que és e estás.
Desejo apenas puder continuar este percurso, esta busca sempre ao teu lado e que sintas que podes comigo sempre contar.
Adoro-te minha filha.
Obrigada BENEDITA por me teres tornado Mãe e me permitires evoluir. 
AMO-TE PARA SEMPRE.

sexta-feira, 18 de outubro de 2013

* 33 - DIGA LÁ OUTRA VEZ *



Cheguei aos 33 com uma alegria imensa e uma vontade enorme de celebrar esta data.
A minha terceira capicua!
A Vida repleta de altos e baixos tem sorrido para mim.
Eu sorrio para a Vida e sonho cada vez mais.
Mais desafios, mais Vida, mais Amor, mais sorrisos lindos.
Cheguei aos 33 abençoada com 2 filhos lindos e talvez por isso estes 33 tivessem tanto sabor.
Foi com este bolo lindo e delicioso que o maridão me surpreendeu e nele colocou a mensagem mais bela de todas; porque o Amor que nos une é assim, da frente para trás e de trás para a frente.
Cheguei aos 33. Sinto-me completa.
Com estes 33 iniciei uma nova etapa na minha Vida. 
Deixei lá para trás muitas coisas e pessoas (deixei partir quem não merece a minha Amizade).
Há 3 anos atrás disse sentir-me realizada. Hoje sinto-me ainda mais; porque acredito que no percurso que vamos fazendo há pedaços que nos transcendem e que nos encaminham pelo sítio certo.
Cheguei aos 33. Vou guardando memórias e recordações.
Cheguei aos 33. Amei, amo e amarei; fui amada, sou amada e serei amada.
33 - diga lá outra vez.

segunda-feira, 30 de setembro de 2013

* DOCE SETEMBRO *


Setembro chega hoje ao fim, mas ele foi o início de uma nova etapa.
Setembro, este ano, ganhou um novo significado... trouxe-me Vida.
Setembro tornou-se mais doce. Fez de mim uma Mulher maior.
Setembro trouxe-me um presente como o que Dezembro já me havia dado.
Por si só, Setembro é um mês de mudanças, de inícios, recomeços.
Acaba o Verão, inicia o Outono; acabam as férias, recomeça a escola; recomeça o ano jurídico.
Setembro trouxe-me o Santiago e fez da minha Família uma projecto maior e mais maravilhoso.
Setembro tornou-nos efectivamente 4.

quinta-feira, 22 de agosto de 2013

* A RESPOSTA *



A Mum's - http://mumstheboss.blogspot.pt - lançou um novo desafio (aqui) e eu sempre que posso aceito-os.
Este consiste em questionar os nossos filhos, semanalmente, com uma pergunta e esperar pela resposta.
A primeira pergunta já foi colocada - "Como é que sabes que eu gosto de ti?".
Hoje foi o dia em que a coloquei à minha filha e a resposta foi: "Porque sou tua filha, não é?" e na simplicidade da sua resposta-pergunta percebi que isso é (aparentemente) quanto basta para uma criança de 3 anos saber que eu gosto dela.
Venha a próxima pergunta.

segunda-feira, 1 de julho de 2013

* SÃO BODAS DE LATÃO *


São já 7 os anos que celebramos desde o Dia do Sim... dizem-se Bodas de Latão, casamento firme e entrelaçado como a liga metálica.
Uma história que se constrói a cada dia que passa, por cada um dos pequenos e grandes pormenores de que a nossa Vida vai sendo feita.
Este ano celebramos esta ocasião de forma diferente... a 3 + 1.
Neste mesmo dia celebramos também 14 anos e meio de uma união há muito anunciada; de uma Amor tão nosso, e tão particular... de altos e baixos, de risos e choros, mas de uma confirmação de que este é, de facto, o nosso caminho.

terça-feira, 11 de junho de 2013


O Sol de Junho não tem sido abundante... mas temos sorrido imenso.
Passeios, jantares, bolos e pirilampos já fazem parte deste mês e tudo porque gostamos de sorrir.
Este mês ainda teremos mais aventuras que culminarão num festejo especial.

terça-feira, 7 de maio de 2013

* FOI DIA DA MÃE *


Na passada sexta-feira celebramos o Dia da Mãe pela primeira vez na Escola.
Acompanharam música clássica, cantaram canções e ensinaram-nos a fazer panquecas.
Seguiu-se um lanche e a prenda por eles elaborada... uma écharpe pintada por eles.
A minha continha estrelas, cor-de-rosa e verdes, as minhas cores preferidas segundo a minha filha.
Depois da festa seguimos viagem para um fim-de-semana a 3 (e meio) para irmos até à neve.
Finalmente a Pequena iria ver a neve.
Claro que foi um fim-de-semana cansativo, as pilhas não se esgotam mesmo depois de horas e horas e horas dentro da piscina, mas lá chegou o Dia, Domingo.
Foi precisamente no Dia da Mãe que a levamos ao cimo da Torre onde deslizou na neve e brincou.
Quando já vínhamos embora disse-lhe:
"Sabes? Fico feliz por ter satisfeito um pouco o teu desejo de vir à neve."
Ela olhou-me e retorquiu:
"Muito Mãe. Foi muito."

Não preciso escrever/dizer mais nada. :)

terça-feira, 30 de abril de 2013

*O TEMPO PASSA... O AMOR CRESCE*


Desde a última vez que aqui escrevi já algum tempo passou.
Passou a Páscoa; passaram os aniversários da minha Mãe e do meu Pai; muitas outras coisas passaram.
Já passaram 5 meses... e o Santiago chegará daqui a nada.
A barriga vai crescendo e com ela também vai aumentando este novo Amor.
Mas o que mais me impressiona é que também o Amor já mais velho que tenho pela Benedita também aumentou.
A miúda é uma Peste, uma verdadeira Peste, mas no meio de todas as suas birras e chatices, tem uma capacidade de amar este irmão que me delicia. São festas na barriga; são brincadeiras com o irmão; são os beijos inesperados que pede para dar ao mano... são tantos os cuidados na ternura dos seus 3 anos.
Ela tira-me do sério muitas e muitas vezes, mas estes pequenos gestos que lhe ocorrem sem que ninguém peça derretem o meu coração e fazem-me amá-la ainda mais.
Ah! Este Amor é tão maior, mas tão maior.

terça-feira, 19 de março de 2013

* DIA DO PAI *

Que eu tenho um Pai fantástico não é novidade para ninguém. Já o manifestei, publicamente, vezes sem conta e continuarei a fazê-lo sempre e sempre.
Que a Benedita tem um Pai maravilhoso também não é segredo nenhum... já o disse também publicamente muitas vezes e espero continuar a fazê-lo sempre e sempre.
Este ano o Dia do Pai tem um novo gosto.A Benedita fez um presente especial na escolinha.
Por muito que eu possa escrever o Amor dela pelo Pai é indescritível. Ama-o acima de tudo e todos (eu incluída) e isso orgulha-me. (A minha escolha foi tal como sempre previ a melhor e mais acertada.)
Idolatra o Pai, o seu herói, aquele que brinca com ela em todas as ocasiões.
Termino com as palavras dela sobre o Pai:
"O meu Pai chama-se Ângelo M. N. França. O meu Pai é muito grande e bonito. O meu Pai brinca comigo às bonecas e passeia comigo no shopping." e desenhou um Pai lindo, lindo, lindo.

segunda-feira, 18 de março de 2013

* HÁ VIDA EM MIM *

Há coisas que guardamos só para nós e outras que queremos partilhar com o Mundo.
Há Amores Maiores, que nos completam, que nos tornam melhores.
Há Vida Em Mim...
Naquele dia quando a notícia se confirmou o meu coração bateu mais forte.
Voltei a pensar o mesmo que da primeira vez... "E agora?"
É engraçado mas foi mesmo esta a frase que expressei das duas vezes em que descobri que seríamos Pais... "E agora?"
E há tantas perguntas, tantas emoções, pensamentos e desejos que nos afloram naquele momento.
Há Vida Em Mim...
A Benedita não será mais filha única, sobrinha única, neta única... 
A Benedita será a irmã mais velha, a companheira das aventuras e com toda a certeza a "chefe" do pequeno gangue.
A Benedita está feliz, beija a minha barriga porque quer cumprimentar o irmão, mas avisa que "se fizeres asneiras vais ter que levar uma surra"... e faz perguntas e todos os dias vê a barriga maior.
Há Vida Em Mim...
E somos felizes assim.

sexta-feira, 8 de março de 2013

* MULHER *


Ó Mulher! Como és fraca e como és forte!
Como sabes ser doce e desgraçada!
Como sabes fingir quando em teu peito
A tua alma se estorce amargurada!

Quantas morrem saudosa duma imagem.
Adorada que amaram doidamente!
Quantas e quantas almas endoidecem
Enquanto a boca rir alegremente!

Quanta paixão e amor às vezes têm
Sem nunca o confessarem a ninguém
Doce alma de dor e sofrimento!

Paixão que faria a felicidade.
Dum rei; amor de sonho e de saudade,
Que se esvai e que foge num lamento!

"A Mulher", Florbela Espanca.

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

* HOJE É DIA DO AMOR *


Hoje espalham-se palavras e juras de Amor.
Hoje esquecem-se os azedumes e coisas menos boas da relação a 2.
Hoje eu celebro mais um Dia com aquele que escolhi para me Marido. 
Aquele que eu decidi ser "perfeito", para a minha imperfeição.
14 anos juntos com Alegria e Imaginação.
14 anos doces com muito para partilhar.
Hoje muitos são felizes... hoje muitos fingem ser felizes.
Hoje um querido amigo faria 33 anos... nunca te esqueceremos.
Hoje apenas te digo: AMO-TE MUITO.

sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

* BE *


O Ano já iniciou e este é o meu primeiro texto.
Ainda não me tinha encontrado com as palavras. Escritas assim.
Este é um Ano de grande mudança, de projetos e de desejos.
Este é o Ano da Felicidade, do Amor e da Paz.
É o Ano.
"Não compliques." - é uma das minhas máximas para este 2013.
O Amor quero incondicional, infinito e eterno.
Quero o Amor que tenho e todo o que mereço.
Quero partilhar o meu Amor com os meus amores.
Quero Viver.
Feliz 2013.


Publicação em destaque

* É MUITO MAIS QUE UMA COR *

" Mas é apenas um cinturão amarelo! O que tem de tão especial? " Não, não é apenas um cinturão amarelo, é muito mais que is...