sábado, 8 de novembro de 2008

* GAIA 18 *

Desde a criação deste blog que sinto necessidade de dedicar aqui um pequeno texto a esta Equipa maravilhosa da qual tenho o privilégio de fazer parte.
No entanto, não tinha ainda encontrado o momento ideal para o fazer.
Creio hoje que esse momento chegou...
Porque hoje todos nós festejamos com alegria o 11.º Aniversário de Casamento de um dos casais desta nossa Equipa.
E, porque foram eles que me apresentaram "O Profeta" (que ainda não consegui comprar), quero marcar este dia tão especial, com uma publicação em nossa, vossa honra.
Para que ninguém seja esquecido, aqui ficam os nossos nomes:
Alda e João; Elizabete e Zé Manel; Mónica e António; Sandra e António; Cátia e Hugo; Luísa e João; Daniela e Ângelo e Padre Teixeira... não, não esqueci um casal, mas porque hoje é o dia deles, o dia em que iniciaram uma Vida em comum, em que começaram a construir a sua Família realço o nome deles: Filomena e Zé Carlos.
Para todos nós e para este casal em especial, desejo que o Amor possa perdurar por todo o sempre; possam continuar a iluminar as vidas dos vossos familiares, dos filhos e filhas, dos amigos e de todos aqueles, que como eu, tenham o privilégio de poder conhecer-vos.
Nada mais devo acrescentar, apenas deixarei aqui um pequeno extracto d'O Profeta, sobre o matrimónio que dedico a todos nós, vós.
"Amai-vos um ao outro, mas não façais do amor um grilhão:
Que haja antes um mar ondulante entre as praias de vossas almas.
Encheis a taça um do outro, mas não bebais na mesma taça.
Dai de vosso pão um ao outro, mas não comais do mesmo pedaço.
Cantai e dançai juntos, e sede alegres, mas deixai cada um de vós estar sozinho,
Assim como as cordas da lira são separadas e, no entanto, vibram na mesma harmonia.
Dai vossos corações, mas não confieis a guarda um do outro.
Pois somente a mão da vida pode conter nossos corações.
E vivei juntos, mas não vos aconchegueis em demasia;
Pois as colunas do templo erguem-se separadamente,
E o carvalho e o cipreste não crescem à sombra um do outro."
Khalil Gibran

1 comentário:

monica disse...

Amiga está LINDO...! beijos
Mónica