segunda-feira, 19 de novembro de 2012

* Dia Mundial para a Prevenção do Abuso de Crianças *



Há já algum tempo que aqui não escrevo.
Estou em falta com textos sobre vários acontecimentos, no entanto, hoje lembraram-me (aqui http://eosfilhosdosoutros.blogspot.pt/2012/11/ninguem-deve-ficar-indiferente.html?spref=fb ) que é o

Dia Mundial para a Prevenção do Abuso de Crianças.

Numa época apelidada de "crise" o que mais me aflige é a crise dos valores; mais que o lado económico da questão, o núcleo familiar está a degradar-se e essa crise não se resolve com troikas, nem impostos... essa crise não pode também ser desculpa para as atrocidades que se cometem contra aqueles que SÃO o futuro do nosso País.

"Mais de 20 mil crianças morrem por ano nos países da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE), sendo mais de 3.500 vítimas de violência e maus-tratos".
Os números foram recentemente divulgados num relatório do Centro de Pesquisa Innocenti da UNICEF e são sublinhados hoje, Dia Mundial para a Prevenção do Abuso de Crianças.  - in http://mulher.sapo.pt/carreira-vida/solidariedade/dia-mundial-para-a-prevencao-d-915004.html.

 As crianças têm direitos.

Em 20 de Novembro de 1989, as Nações Unidas adotaram por unanimidade a Convenção sobre os Direitos da Criança.

Esta Convenção assenta em quatro pilares fundamentais que estão relacionados com todos os outros direitos das crianças:

 a não discriminação, que significa que todas as crianças têm o direito de desenvolver todo o seu potencial – todas as crianças, em todas as circunstâncias, em qualquer momento, em qualquer parte do mundo.

 o interesse superior da criança deve ser uma consideração prioritária em todas as ações e decisões que lhe digam respeito.

 a sobrevivência e desenvolvimento sublinha a importância vital da garantia de acesso a serviços básicos e à igualdade de oportunidades para que as crianças possam desenvolver-se plenamente. 

a opinião da criança que significa que a voz das crianças deve ser ouvida e tida em conta em todos os assuntos que se relacionem com os seus direitos.  

Acredito que um País é muito mais que os números que nos revelam... e desejo que Portugal possa ser mais para as suas crianças.

 

Sem comentários:

Publicação em destaque

* É MUITO MAIS QUE UMA COR *

" Mas é apenas um cinturão amarelo! O que tem de tão especial? " Não, não é apenas um cinturão amarelo, é muito mais que is...